[TESTE] Casio Exilim EX-Z2000

A Casio Exilim EX-Z2000 é uma das actuais coqueluche das máquinas digitais. Esta máquina chegou ao Revolução Digital como mais uma máquina normal, mas durante a sua utilização começou a impressionar pela positiva.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Objectiva

É uma máquina compacta digital, totalmente automática e que tem como público alvo as pessoas que não entendem nada de fotografia, mas que gostam de registar alguns dos momentos desta vida. E, claro, gostam que esses momentos fiquem bem registados ;)

Eu sou uma pessoa que se encaixa perfeitamente nesse perfil, por isso, se fizerem o favor de me acompanhar, vou mostrar-vos o resultado de uns dias de utilização da Exilim EX-Z2000 :)

Apresentação

A Casio Exilim EX-Z2000 é uma máquina pequena que tem a capacidade de tirar grandes fotografias. Os telemóveis de última geração começam a ser, cada vez mais, os verdadeiros concorrentes deste tipo de dispositivos mas a Casio fez questão de manter a distância para não haver cá misturas :)

Ok, querem guerra no campo da fotografia para leigos? Então tomem lá uma máquina com uma lente que está fora do alcance dos telemóveis, com uma boa capacidade de processamento, um ecrã grande (porque a malta de hoje em dia gosta de andar com a “televisão no bolso”) mas para além disso, uma grande capacidade de bateria capaz de deixar tudo e todos de boca aberta.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Frente

Esta máquina de 14.1 Megapixels, 150g de peso e de até 580 fotos de autonomia, andou sempre no bolso das calças durante toda semana e quase nunca me deixou ficar mal. Durante este verão temos tido bons dias de sol, dias ideais para tirar muito boas fotografias, sem grande dificuldade. Mas as noites também estão agradáveis e por isso há que registar os seus momentos. Foi precisamente durante o período nocturno onde encontrámos alguns dos pontos fracos da Exilim Z2000. Já lá iremos.

A EX-Z2000 é sem dúvida uma máquina bastante competente para as pessoas que não entendem nada de fotografia e apenas querem que o momento fique registado para um dia mais tarde lembrar :)

Antes de começarmos a mexer a sério com esta máquina, que tal darmos uma vista de olhos nas suas características?

Características técnicas

Na tabela seguinte deixo-vos as principais características técnicas da Casio Exilim EX-Z2000:

Sensor
Tipo CCD
Tamanho 1/2,3 polegadas
Resolução total 14.1 Megapixels (4320 x 3240 pixels)
Fotografia
Resoluções (pixels)
  • 4320 x 2880
  • 4320 x 2432
  • 368 x 2736
  • 2816 x 2112
  • 2048 x 1536
  • 640 x 480
Formatos JPEG (Exif Version 2.2), DCF 1.0 normal, DPOF
Vídeo
Resoluções (pixels)
  • 1280 x720 (HD 30 fps)
  • 640 × 480 (STD, 30 fps)
  • 480 × 360 (HS, 30-210 fps)
  • 224 × 168 (HS, 420 fps)
  • 224 × 56 (HS, 1000 fps)
Formatos AVI, Motion JPEG, IMA-ADPCM (monaural), WAV
Objectiva
Focal 26-130mm
Abertura f2.8 (wide), f6.5 (tele)
Velocidade de obturador 4 segundos a 1/1000 segundo
Zoom 5x Óptico, 4x Digital
Estabilizador de imagem CCD-shift
Sistema de focagem
Focagem Auto Focus por detecção de contraste
Tipos Auto Focus, Focagem Manual
Modos Spot, Multi ou Tracking
Lâmpada de assistência Sim
Distância de Focagem 12cm – infinito, 5cm Macro
Medição de luz
Tipo Multi-padrão, centrado ponderado, spot
Flash
Tipo Incorporado
Alcance 12cm a ~4,9m (Wide); 60cm a ~2,1m (Tele)
Tempo recarga 7 segundos
Sensibilidade
ISO Auto, 64, 100, 200, 400, 800, 1600, 3200
Compensação de Exposição
-2EV a +2EV (em ajustes de 1/3EV )
Modos
  • Best Shot (inclui 42 cenas). Novidades: Art Shot e Dynamic Photo
  • Modo de captura YouTube™ incluído
  • Detecção de Faces
Balanço de brancos
  • Auto WB
  • Luz do dia
  • Detecção de Faces
  • Encoberto
  • Sombra
  • Dia – Branco FL
  • Dia – Luz FL
  • Tungsténio
  • Manual
Ecrã LCD
Tipo TFT LCD
Diagonal 3 polegadas
Resolução 460.800 pontos (960×480 pixels)
Armazenamento
Capacidade interna 73.8MB
Memória externa
  • SD
  • SDHC
Ligações
  • USB
  • AV
  • Saída Áudio/Vídeo
Alimentação
Tipo Bateria lítio recarregável, 1200mAh
Carregador de corrente Sim
Corpo
Dimensões 100×58,5×19,8 milímetros
Peso 149g (com bateria e cartão de memória)

Embalagem e acessórios

A embalagem da Casio Exilim EX-Z2000 é um pequeno cubo de cartão subcompartimentado, tal como acontece com a maior parte das embalagens hoje em dia. A caixa tem um pormenor engraçado no seu fecho: apresenta uma ranhura pequena para encaixar a unha :P Acreditem que por causa disto é bem mais fácil de abri-la.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Embalagem

A caixa contém:

  • Máquina fotográfica Casio Exilim EX-Z2000
  • Cabo ligação à televisão
  • Cabo ligação ao PC
  • Carregador da bateria
  • Bateria de Lítio, 1200mAh
  • Guia rápido de Utilização
  • CD com manual de instruções
  • Fita para o pulso

A única coisa mais fora do vulgar nos acessórios foi o cabo do carregador: é pequeno pois tem cerca de 30cm (!) e por isso causa uma certa estranheza. Tipicamente, nas nossas casas, as tomadas de energia ficam rentes ao chão e o cabo (dos carregadores de telemóvel, dos portáteis, etc) tem um tamanho suficientemente grande para se ligar ao aparelho que está em cima da mesa. Quando carrego o telemóvel, por mais barato que ele seja, eu não o deixo no chão. Há quem o faça mas eu não :) Mas com este cabo é impossível não deixar o carregador no chão.

Os outros cabos têm um tamanho normal. O cabo para ligar ao PC tem cerca de 50cm e o cabo para ligar à TV tem 1.20m. Pena é o facto da Casio não ter incluído uma bolsa para proteger a máquina :(

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Conteúdo Embalagem

Design

A Casio Exilim EX-Z2000 é realmente uma máquina compacta cujas dimensões são de 100 x 58,5 x 19,8 milímetros. Muito semelhantes à maioria das máquinas desta gama. Na frente destaca-se a lente EXILIM que apresenta uma gama focal de 26-130 milímetros, o flash, um LED e o microfone.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Detalhe objectiva

Na parte de trás é uma máquina das mais “arrumadinhas” que já vi: tem um ecrã bastante grande, cinco botões, um LED verde e um joystick em forma de circunferência. Os botões são: “Modo câmara”, “Modo Play”, REC, “Menu” e “SET”. No joystick temos a opção DISP (que permite alterar a quantidade de informação apresentada no ecrã) e a opção Flash/lixo (no modo câmara exibe um menu de acesso rápido a configurações e no modo play permite apagar as fotografias seleccionadas).

O joystick também permite navegar nos menus para cima, baixo, esquerda ou direita. O botão SET funciona como o botão Flash/lixo. O botão Menu dá-nos acesso a mais opções de configuração mas agora, através de um modo de texto. O botão REC permite efectuar gravações de vídeo, de forma directa. Há também, como já referi, um LED que nos indica quando a máquina está a processar dados.

Rodando a câmara vermos no lado direito a entrada mini USB de 8 pinos e o sítio para passar a fita para o pulso. O lado esquerdo é todo liso e não apresenta nada de relevante. Passando para o topo, temos cinco botões: “Auto”, “BS”, “on/off”, o botão de disparo e o botão de “zoom in/out”.

Na parte de baixo da EX-Z2000 temos a rosca standard para o tripé, coluna de som e a tampa para a bateria e cartão SD.

Na minha opinião, os pontos mais fracos deste design são o joystick e a entrada USB. Explico porquê: o joystick e o botão SET são soltos demais e a ligação USB não me agradou porque a borracha que serve de tampa é muito rija e não fecha a 100%.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Porta USB

Por outro lado gostei do fecho da tampa da bateria: é tipo trinco e não do tipo mola, e o sitio para pôr a bateria tem um travão para que esta não caia.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Compartimento bateria

Utilização Fotográfica

A máquina encaixa bem na mão direita e, no modo Automático Premium, é possível tirar a maior parte das fotografias. Para seleccionar outros modos de Best Shot já é preciso utilizar as duas mãos, mas com o modo Premium activo, é só “aim and shoot” :).

O problema deste modo super automático “para tótós” é que demora a processar e o tempo que a EX-Z2000 leva para estar pronta para disparar outra vez pode fazer com que a malta se chateie um pouco quando quer tirar rapidamente outra fotografia. O tempo de espera acaba por variar imenso consoante as condições mas é sempre para cima de 3 segundos.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Detalhe botões

O tempo que decorre entre o ligar da câmara e o disparar também não é o melhor: demora cerca de 4 segundos a ligar, focar e disparar. Um pouco lento mas tendo em conta o preço e o segmento, não se pode esperar muito mais…

Apesar de não entender nada de fotografia, sempre que me apanho com uma máquina fotográfica, gosto de experimentar o modo manual. Alterar velocidades, aberturas: se dá para mudar, eu gosto de mexer só para ver o resultado. Com esta Casio isso não se passou pois não dá para controlar a velocidade do obturador nem a abertura.

Mas nem tudo são coisas más. Depois de ter reparado em primeiro lugar nos defeitos (que é o mais fácil de fazer), comecei a utilizar a máquina mais a sério (mais a sério no sentido de mais frequentemente… não no sentido de mais profissional :P) e as fotos começaram a surgir, umas atrás das outras… até esgotar a capacidade da memória interna da máquina.

Fiquei admirado pois só nesse momento é que me apercebi de que ainda não tinha colocado nenhum cartão de memória na máquina. Gostei deste pequeno pormenor, pois se o cartão por algum motivo se estragar, sempre temos mais algum espacinho para guardar a última foto que queremos sempre tirar.

Cada foto na qualidade máxima ocupa certa de 8MB, e as fotos numa qualidade razoável, ocupam, em média, 5MB.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Compartimento bateria

Meto um cartão SD na máquina e aí vou eu. Outra coisa que fui notando ao longo das fotos foi que não estava a apagar tantas fotos desfocadas conforme é costume acontecer. Quer nos dias de sol, quer nos dias nublados, a máquina é esperta e consegue fazer com que um tipo vulgar comece a ganhar alguma satisfação pois já consegue tirar fotos de jeito, sem pensar muito! :P

Outro ponto positivo: a bateria tem uma autonomia enorme! Mesmo. Carreguei a bateria logo quando recebi a máquina (porque há sempre aquele pensamento de que a bateria vem descarregada). Depois disso, arrumei logo o carregador e após o período de testes a máquina diz que ainda tem a bateria cheia (se calhar é o sensor da bateria que está estragado, mas duvido ;) ).

Fotos à noite. No primeiro dia estava algum nevoeiro e muita humidade no ar. Como não entendo nada de fotografia, todas as fotos que tirava ficavam com pontos brancos. Ainda pensei que fosse da lente. Limpava e nada, lá estavam o raio das pintas. Desisti e comecei a pensar mal da máquina. Até que discuti isso com o Nastase e foi aí que me apercebi que não percebia mesmo nada de fotografia. “As pintas brancas é o reflexo da luz do flash nas gotas de água que estavam a pairar no ar, e mesmo com uma boa máquina é difícil ultrapassares isso”. Está explicado e… EX-Z2000, estás perdoada.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Detalhe flash

Mas mesmo assim saí mais uma noite com a máquina no bolso, para ver como é que ficavam as fotos num dia mais normal. Excelente. Nem muito escuras nem muito claras. Aquilo que nós estamos a ver é quase quase o que fica na fotografia.

Ok, notei que quando havia muita luz artificial, a fotografia ficava um pouco mais amarela do que aquilo que era na realidade o que denota alguma dificuldade do modo automático do balanço de brancos. Mas as cores ficam muito vivas e, importante, a foto não fica tremida. O flash não chega muito longe, mas para o que tipicamente se quer fotografar, é suficiente. O único senão foram as fotos a um fogo de artifício que só topei à última da hora: não consegui fotografar porque a máquina estava desligada e quando fui tirar a foto, já o céu estava preto…

Mas apesar de eu achar esta máquina um pouco lenta a ligar-se e a tirar a segunda fotografia, há que reconhecer que a parte inteligente da máquina faz milagres, milagres esses que requerem o seu devido tempo. O “milagreiro” tem nome.

Chama-se Exilim Engine 5.0 e é o processador que dá alma à EX-Z2000. Os avanços em relação ao Engine 4.0 foram essencialmente a capacidade de processamento, que melhorou em 30%, a capacidade de remover mais ruído e a capacidade no tratamento da cor das fotografias.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Fundo

Comuns na Casio, os modos Best Shot são modos em que certas cenas já estão pré-definidas para que possamos indicar à máquina a situação em que nos encontramos. Com modos já conhecidos e algumas novidades, a EX-Z2000 vem com dois novos modos Best Shot que se destacam: o “Art Shot” e o “Dynamic Photo”.

No modo Art Shot, temos a possibilidade de tirar uma foto com um aspecto de pintura. Assim já podemos fotografar a Mona Lisa lá de casa :).

O modo Dynamic Photo permite fotografar apenas um objecto da imagem. Por exemplo, fotografamos um copo. De seguida, deixamos a máquina na mesma posição, mas removemos o copo tirando uma nova foto. A foto final é apenas a imagem do copo, sem o fundo da fotografia! E isto também dá para fazer com objectos em movimento!! É só começar a inventar e acabam por sair coisas engraçadas.

Mas para se poder usufruir da animação completa num outro dispositivo electrónico que não a Casio Exilim EX-Z2000, é preciso ir a um site da Casio, para pudermos converter o conjunto de imagens num filme, ou num GIF.

Um dos controlos que podemos alterar na EX-Z2000 é a velocidade ISO. Podemos escolher entre o modo automático (onde a máquina lê a cena e adapta o ISO em conformidade) ou então definir manualmente a velocidade a utilizar. Neste caso temos à nossa disposição uma gama ISO a variar entre os 64 e 3200. Dos testes que efectuei, o resultado obtido é utilizável até aos ISO400. Em ISO800 começa a notar-se demasiado ruído digital assim como uma suavização dos detalhes, com perda de nitidez. Isto deve-se principalmente ao algoritmo de redução de ruído utilizado nesta máquina. Os modos ISO1600 e ISO3200 são quase inutilizáveis devido à fraca qualidade dos resultados obtidos.

De seguida deixo-vos exemplos dos diferentes valores de ISO tendo sido fotografada a mesma cena. Primeiro no modo ISO automático:

Foto de teste - ISO Automático (160)

E agora, com as várias velocidades de ISO disponíveis:

Foto de teste - ISO 64 Foto de teste - ISO 100 Foto de teste - ISO 400 Foto de teste - ISO 800 Foto de teste - ISO 1600 Foto de teste - ISO 3200

Utilização em Vídeo

Foram feitos dois testes para a parte do vídeo. Primeiro, no carro, coloquei a máquina pousada no tablier e deixei a filmar enquanto conduzia. Fiquei admirado com a capacidade do estabilizador de imagem que conseguiu produzir um resultado assinalável, sobretudo tendo em conta as condições de filmagem.

O segundo teste foi filmar à noite segurando a câmara na mão, fazendo zoom in/out e tirando umas fotos pelo meio. O resultado não chegou para me impressionar. A imagem tem muito grão…

Mas temos de ter em mente que a EX-Z2000 não é uma máquina de filmar, mas sim uma máquina de fotografar. Por isso, mesmo não impressionando, satisfaz. O som, apesar de só gravar em Mono, ouve-se melhor no PC do que na própria máquina.

O tempo de gravação é apenas limitado pela capacidade de armazenamento do cartão.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Detalhe microfone

Esta máquina permite estar a gravar e fotografar ao mesmo tempo. Mas quando se tira uma fotografia o vídeo é interrompido. Penso que isto é o que se passa na maior parte das outras máquinas. Quando se está a rever o vídeo, só se nota que alguém tirou uma fotografia se estivermos atentos ao som, porque de resto o flick na imagem passa praticamente despercebido.

Outra das funcionalidades que me impressionaram foi a capacidade de poder editar o vídeo na própria máquina. Dá jeito porque podemos sempre tirar aquelas partes em que baixámos a câmara antes de parar de filmar, ou aquelas alterações absurdas entre a horizontal e a vertical, que na altura fazem bastante sentido, mas que no resultado final ficam uma boa porcaria :D

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Objectiva (Comprimento mínimo)

Bom bom é ver as fotos e os vídeos na televisão lá de casa. A minha TV não é das mais modernas, mas já é bastante grande e geralmente as fotografias das outras máquinas mais fracas, não ficam a 100% na TV. Com esta máquina fiquei um pouco admirado, pois utiliza o ecrã todo, e o vídeo também enche o ecrã. Maravilhas do HD…

Resumindo e Concluindo

A Casio EX-Z2000 é uma verdadeira máquina compacta que está à altura da maior parte das situações de fotografia. Falo, claro, do ponto de vista de “um fotógrafo de fim de semana”. Tem um preço acessivel (cerca de 160€) e ainda temos a opção de escolher uma cor diferente do prateado.

Teste: Casio Exilim EX-Z2000 - Detalhe botões

A Casio Exilim EX-Z2000 é daquelas máquina em que a capacidade do cartão de memória se esgota antes da bateria :) por isso a autonomia é um dos seus grandes trunfos.

Pontos a favor :)

  • Capacidade da Bateria
  • Filmagem em HD
  • As cenas Best Shot cobrem a maior parte das situações

Pontos contra :(

  • Não permite o modo manual
  • Velocidade de disparo entre duas fotos

Site do produto: Casio Exilim EX-Z2000

Reconheço que o teste/crítica aqui apresentado poderá parecer pobre para alguém que percebe bastante de fotografia. Prometo que irei melhorar, nem que seja a fazer tutoriais na Internet! É de todo o meu interesse que sugiram assuntos que deva falar ou aspectos básicos que eu não mencionei, de modo a enriquecer futuras análises.

Galeria de imagens

Aqui ficam as fotos tiradas à Casio Exilim EX-Z2000 durante a realização deste teste. Também podem encontrar na galeria de imagens algumas fotos de exemplo tiradas com esta câmara.

Vídeos de teste

Para terem uma ideia das capacidades de gravação de vídeo da EX-Z2000, deixo-vos de seguida dois vídeos filmados com esta câmara:

9 Respostas

  1. quim

    Comprei á dois dias uma máquina destas e até á data só tenho a dizer bem já antes tinha adquirido uma Casio Exilim e por ter ficado satisfeito com a velhinha é que obtei por esta, o que mais destaco é a sua qualidade nas cores das fotos!

    A explicação aqui dada já me fez aprender mais umas coisinhas, Obrigado!

    Responder
  2. joaofslopes

    Olá Isabel.
    Na Amazon é possível comprar esta máquina por £145, o que deve corresponder mais ou menos a R$405.
    Pelo que tenho pesquisado na net, no Brasil o preço desta máquina varia entre R$450 e R$1100.
    Em Portugal custa €145 que é mais ou menos R$350.

    Já agora, uma pequena dica. Estou a fazer o teste da máquina Casio Exilim EX-H15 que é um pouco melhor do que esta mas o preço também é um pouco superior: €200 ( aprox. R$470). Deve sair para a próxima semana, depois dê uma vista de olhos ;)

    Responder
  3. NEWTON

    COMPREI UMA MAQUINA DESSE MODELO NA ESPANHA, QUANDO CHEGUEI AQUI ELA CAIU DO MEU BOLSO, APARECE UMA MENSAGEM ERRO DA OBJETIVA DOIS, LEVEI PARA CONSERTAR NA AUTORIZADA ME INFORMARAM QUE NA EXISTE PEÇAS PARA ELA NO BRASIL. ONDE POSSO CONSERTA-LA??????

    Responder
  4. katia rocha

    Tenho uma camera digital da casio, porém, do nada ela começou a apresentar erro de objetiva ao ligar, ou até mesmo, tente ligar novamente enão permanece ligada.. o q pode ser?

    Responder

Partilha a tua opinião!

O teu endereço de email não será publicado