[TESTE] Acer Liquid E

Depois de férias, casamentos, nascimentos, e outros eventos ;), nada melhor para começar a época 2010/11 aqui no RD, do que com (mais) um telefone Android: O Acer Liquid E.

Ainda que sofra de alguma “idade”, o Liquid E apresenta um conjunto de características interessantes e um design bastante apelativo. A aposta é clara: “beleza” e “cérebro” no mesmo pacote. Mas será que a Acer conseguiu!? Vamos lá então mergulhar de cabeça neste Liquid E.

Teste Acer Liquid E: Frente


Apresentação

Podemos considerar o Liquid E como uma evolução do A1 (ou S100) (ou, do qual já vos tínhamos falado antes, mas a evolução propriamente dita é apenas esta: Android 2.1.

Teste Acer Liquid E: Detalhe botões frente

Juntando o “novo” SO ao hardware de qualidade já existente (e mais um acrescento de memória RAM) a Acer quis aproximar o Liquid E dos seus mais directos concorrentes, tentado proporcionar uma experiência “topo-de-gama” a preço “de saldo”. E se olharmos para as especificações técnicas na página seguinte, podemos encontrar algumas (grandes) semelhanças com outros “pesos-pesados” do mercado.

Características técnicas

De seguida deixo-vos as características técnicas do Acer Liquid E:

Processador
Tipo Qualcomm Snapdragon 8250
Velocidade 768 MHz
Software
Sistema operativo Android 2.1 – “Éclair”
Interface Acer
Memória
RAM 512 MB
ROM 512 MB
Ecrã
Tipo Capacitivo
Tamanho 3,5”
Resolução 480 x 800pixels (WVGA)
Áudio
Saída Jack 3,5mm
Comunicações Móveis
Bandas GSM850, GSM900, GSM1800, GSM1900, UMTS900, UMTS1900 UMTS2100
Ligações de dados CSD, GPRS, EDGE, UMTS, HSDPA, HSUPA
Ligações
Cartões de memória microSDHC até 32GB (cartão de 2GB incluído)
USB mini USB
Bluetooth 2.0 com AD2P
Redes sem fios 802.11 b/g
Fotografia e vídeo
Tipo sensor CMOS
Resolução 5 MPixels (2560х1920)
Flash não
Focagem automática sim
Formatos gravação imagens JPG
Formatos gravação vídeo VGA@20fps
Outras funcionalidades GeoTagging, Acelerómetro, GPS, Sensor Proximidade
Leitor multimédia
Compatibilidade áudio MP3/WAV/WMA/eAAC+
Compatibilidade vídeo MP4/WMV/H.264/H.263
Bateria
Tipo Iões de lítio
Capacidade 1350 mAh
Tempo conversação 5h
Tempo em espera 400h
Dimensões
Corpo 115 x 62.5 x 12.5 mm
Peso 135g (com bateria)

Embalagem e acessórios

Teste Acer Liquid E: Embalagem

A embalagem da Acer tem um aspecto interessante e é bastante arrumada. O conteúdo é o que se espera por estes dias: carregador USB, headphones, manuais, adaptador microSD. Não estávamos era à espera da bolsa de micro-fibra que veio incluída. Um acessório cada vez mais raro nos dias que correm e que no caso do Liquid é uma grande mais-valia. Não sendo propriamente a protecção mais eficaz contra embates e quedas acidentais esta bolsa permite no entanto manter mais facilmente o telefone limpo de dedadas e outras marcas de gordura similares :)

Teste Acer Liquid E: Conteúdo Embalagem

Gostámos particularmente do sistema de acesso aos acessórios que acaba por ser original e destacar-se da concorrência: temos de “desdobrar” a caixa para isso!

Design e aspecto geral

Confesso que gostei bastante do aspecto exterior e do design do Liquid E. As curvaturas laterais agradam ao toque e ao manuseamento. O volume e peso do telefone transmitem solidez e “valor” ao produto mas não atrapalham em nada a utilização no dia a dia. Existem modelos onde a “armação” é de outras cores, mas nós gostámos particularmente do modelo que nos foi facultado, que é totalmente preto. Nice!

Teste Acer Liquid E: Design geral

O plástico brilhante utilizado no revestimento exterior tem, como é hábito neste tipo de material, trunfos e defeitos. Ou seja há quem goste muito do aspecto “glossy” (eu por exemplo) mas há quem deteste (ou odeie mesmo) por ter tendência a acumular demasiadas impressões digitais “esborratadas” por todo o lado. Aqui é que a capa de micro-fibras incluída no pacote vem mesmo a calhar.

Os botões capacitivos frontais são outro ponto com opiniões mistas. São uma boa solução, não nos entendam mal, mas o que é certo é que a presença destes botões requer ao utilizador alguma habituação e cuidado. Eventualmente habituamos-nos a que eles estejam lá e deixamos de lhes carregar sem querer com tanta frequência…

Os botões laterais são os 2 da praxe (volume e on/off) mais o botão de disparo da máquina fotográfica, sempre mais confortável do que utilizar o ecrã.

No geral agradou-nos bastante este telefone. Ainda que com um formato grande e “redondo” encaixa-se perfeitamente na mão e a utilização é bastante confortável.

Sistema operativo

Éclair… Por estas alturas, este nome já não vos deve fazer lembrar bolos e doçaria, certo!? ;) O Liquid E é mais um telefone com Android 2.1, que nós já vimos e revimos aqui no RD, e que aqui se encaixa na perfeição. Mesmo com o processador mais lento o Liquid E não dá sinais de cansaço. Tudo flui como se espera, e para vos dar uma imagem mais numérica do desempenho, voltámos a chamar “os amigos do costume”: o FPS2D e o Linpack. Em comparação, temos os valores obtidos num HTC Desire e num Samsung Galaxy S.

FPS2D
  Liquid E Galaxy S Desire
Média (fps) 57 55 59
Stdev 6,36 4.59 9,03
Linpack
  Liquid E Galaxy S Desire
MFLOPS 5.267 8.458 6.949
Tempo (s) 15,92 0.64 0.78
Norm res 5,68 3.36 3.36
Precisão 2,220446049250310E-16 2.220446049250313E-16 2.220446049250313E-16

Apesar de estar refreado a 3/4 da potência (e isso nota-se nas análises brutas de desempenho), o nosso já conhecido Snapdragon continua a não comprometer o normal andamento do sistema. E apesar do interface ser bastante rico em animações e movimento, tudo corre sem grandes sobressaltos.

Interface

Aqui notamos algum (ainda que pouco) esforço por parte da Acer para se demarcar do resto da concorrência. Se no ecrã principal não notamos diferença da versão “base” do Android, nos ecrãs laterais a coisa muda de figura e encontramos dois widgets tipo carrossel para facilmente aceder aos favoritos de Internet, fotos, vídeos ou música. Interessante mas sem grande factor “uau”.

Já o rolar do ecrã de aplicações pode não agradar a muita gente mas a nós não nos fez muita confusão. De qualquer forma, e como já dissemos antes, se há coisa que o Android tem de bom é que pode ser alterado à medida dos nossos gostos, por muito coloridos, mexidos ou vibrantes que sejam. Opções é que não faltam.

Internet e redes sociais

Uma das funcionalidades mais amplamente cobertas aqui nos nossos testes é a interactividade dos nossos amigos dispositivos electrónicos com a Internet em geral, e as redes sociais em particular. Diga-se já que mesmo dispondo de algum software de base que permite o acesso aos diversos serviços sociais que temos ao nosso dispor (quer seja usando aplicações dedicadas, widgets ou “agregadores sociais”) o Liquid E porta-se à medida das necessidades, como tantos outros que por aqui passaram.

Teste Acer Liquid E: Lateral Direita

Na Internet, o browser do Android porta-se lindamente e consegue continuar a ser mais rápido que os seus “compadres” Opera ou Dolphin. Mas claro está, essa rapidez implica também algumas limitações face aos outros browsers. Deixamo-vos a sugestão de instalarem um ou os dois e tirarem as vossas próprias conclusões pois o browser certo para uns não é forçosamente o browser certo para os outros. A experiência diz que quanto mais escolha houver, cada solução terá obviamente os seus trunfos e pontos fracos, mas o que interessa é sem dúvida a maneira como nós próprios gostamos de usar o nosso telefone.

Multimédia e Lazer

Com um hardware suficientemente musculado e um SO capaz, este Liquid serve perfeitamente para todos os usos mais prazenteiros que nós costumamos dar a estes “bichos”. Assim não terão dificuldades de maior em jogar (practicamente) todos os jogos que há no Market, e ver vídeos das mais diversas origens e formatos. O ecrã generoso e brilhante do Liquid E está practicamente a pedir que o utilizemos horas a fio…ou até a bateria acabar.

Teste Acer Liquid E: Detalhe jack 3,5mm

Nunca é demais acrescentar que a inclusão do conector de auscultadores de 3,5mm é uma ideia mais do que bem-vinda, permitindo-nos usar os nossos “fones” preferidos, colmatando muitas vezes a falta de qualidade dos auriculares que vêm incluídos no pacote.

Os do Liquid E cumprem a função, mas pessoas com ouvidos mais pequenos terão alguma dificuldade (e algumas dores) em usar estes auriculares por longos períodos de tempo. A substituição dos auriculares por outro modelo mais confortável é nesse caso a melhor solução.

Atenção porém a um pormenor: não raras vezes lemos por aí que quando alguém decidiu comprar outros auriculares (com ou sem micro incorporado) para o seu novo smartphone, ao chegar a casa depara-se com uma qualidade de som baixíssima, interferências ou falta de funcionalidades. Isto deve-se ao facto de alguns fabricantes “alterarem” o modo de funcionamento dos contactos dentro do conector de 3.5mm de acordo com as suas necessidades.

Teste Acer Liquid E: Auscultadores

Aconselhamos vivamente pois os nossos amigos que decidam comprar novos auriculares para este (ou outro modelo) smartphone que na loja peçam para os experimentar. Se o Sr. da loja vier com “conversas” perguntem se depois podem trocar. Mas acima de tudo certifiquem-se que conseguem ter pelo menos a mesma qualidade e funcionalidade que têm com os auriculares “de série”.

GPS

A utilização do GPS também não comprometeu em nada. Apenas munidos do Google Navigation, conseguimos chegar rápida e “facilmente” onde queremos. Digo “facilmente” pois o interface do Navigation deixa alguma coisa a desejar quando comparado com soluções mais específicas como o Ndrive… mas, como se diz muito por aí: “isso são outros 500…” e “a cavalo dado não se olha o dente” :)

Teste Acer Liquid E: Interior

Autonomia

Com o uso normal que costumamos dar aos nossos sujeitos de teste, o Liquid E conseguiu aguentar quase 36 horas com uma carga, o que não é nada mau. Nunca é demais dizer que um (ou mais) cabos de alimentação microUSB podem e devem fazer parte do vosso equipamento auxiliar: devem estar presentes em casa, no carro, no escritório. Mesmo assim os valores obtidos são ligeiramente superiores do que vimos na concorrência. Bom ponto.

Resumindo e concluindo

Gostámos bastante deste Acer Liquid E mas não nos conseguimos distanciar da sensação de que não será um sucesso. Mesmo tendo um design agradável, boas características técnicas e um sistema operativo recente, o facto de apenas estar acessível nas lojas e na Internet, sem qualquer tipo de agregação a uma operadora, pode comprometer o sucesso deste modelo.

Teste Acer Liquid E: Design geral

Sei bem que há muitas pessoas que não gostam nada do facto dos seus telefones estarem agregados, ou bloqueados se preferirem, à operadora A ou C, e que se apressam a arranjar formas de se libertarem dessas amarras. Longe de mim querer parecer um “porta-voz” desta ou daquela marca, mas o que é certo é que as operadoras contribuem para fazer diminuir os preços dos aparelhos, o que no caso do Liquid se tornaria no proverbial “ouro sobre azul”, ou preto neste caso ;)

Pontos a favor :)

  • Design e estética apelativa
  • Android 2.1 + Snapdragon CPU
  • Bolsa em microfibra

Pontos contra :(

  • Preço relativamente elevado face à concorrência

Como sempre, esperamos pelas vossas perguntas, críticas ou sugestões. Esperamos que tenham gostado e… até à próxima.

SW, out!

NOTA: Depois de publicarmos o teste, fomos contactados pela Acer com um esclarecimento. O Liquid E pode ser actualizado para o Android 2.2 (aka Froyo) através do site do fabricante. Por norma, a política da Acer é que qualquer telemóvel vendido será actualizável (pelo menos) para a versão seguinte do SO.

Galeria de imagens

Estas são as fotografias que foram tiradas ao Acer Liquid E durante a realização deste teste:

9 Respostas

  1. Focus

    Excelente Review mais uma vez..

    tenho um Liquid e posso dizer que foi o melhor equipamento que me passou pelas mãos.

    embora esteja neste momento para reparar (por estupidez minha) posso dizer também que até ao momento o suporte Acer tem funcionado perfeitamente.

    vieram buscar o equipamento a casa dois dias depois de activar a garantia e agora estou à espera…

    posso mais tarde dar feedback sobre a resolução do problema.

    uma abraço

    Responder
  2. Focus

    eheheheh!

    Conto a historia completa assim que tLiquid chegar e não me cobrarem nada :-)
    ou seja, que a garantia cobre asneirada que eu fiz!

    Responder

Partilha a tua opinião!

O teu endereço de email não será publicado