[CES 2012] Keynote da Microsoft: o Fim de uma Era

Ora então saudações “em directo” de Las Vegas, para todos os leitores do RD. Depois de 24 horas de viagem, e um dia muito movimentado, estou aqui para vos trazer, não ao vivo como inicialmente planeado (mais tarde explicarei porquê), mas antes em diferido e de forma mais “digerida”, o que de “novo” nos disse o Sr. Steve Ballmer na última Keynote da Microsoft que será feita no CES.

CES 2012 - Keynote Microsoft

14 anos de Microsoft no CES

Gary Shapiro, presidente da CEA – a empresa que organiza o CES – subiu ao palco pouco passava das 18:30, com o “triste” propósito de assinalar que esta será a última vez (pelo menos num futuro próximo) que teríamos uma keynote da Microsoft no Consumer Electronic Show. Recordou a primeira vez que Bill Gates chegou ao CES, há 14 anos atrás, e como este se tinha misturado por completo com o restante público pois pouca gente o tinha reconhecido. A partir daqui, a Microsoft foi sempre a única empresa com um slot de tempo reservado especialmente para os seus keynotes, e tivemos a oportunidade de ver ao longo do tempo alguns dos seus maiores lançamentos.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Hoje então, o Sr. Shapiro decidiu marcar esta “efeméride” chamando Steve Ballmer ao palco para lhe oferecer um presente, que representa um pouco daquilo que foram estes últimos 14 anos. E depois!? Só visto porque se eu vos contar, vocês não acreditam: vimos um vídeo musical, composto das várias intervenções tanto de Bill Gates como de Steve Ballmer, fazendo-os “cantar” ao som de uma música quase estilo Rap. Acreditem que estava muito bem feito e resultou na perfeição.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Mais alguns risos, e eis senão quando é chamado ao palco o apresentador de serviço: Ryan Seacrest. Esse mesmo, o do American Idol… eu sei, estranho. certo!?

Windows Phone 7 e Metro

Pouco depois de Ryan Seacrest, Steve Ballmer foi de novo chamado ao palco, e para surpresa de muitos, foi-nos dito que esta apresentação seria feita de forma algo diferente, mais em tom de conversa do que na forma mais tradicional. Assim, o apresentador foi fazendo perguntas e conversando com o Sr. Ballmer, e nos entretantos foram aparecendo alguns outros colaboradores da Microsoft que nos foram apresentando algumas das “novidades” mais recentes.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Derek Snyder, Gestor de Produto para o Windows Phone 7, mostrou-nos (mais uma vez) que este sistema operativo não partilha da filosofia mais “app-cêntrica” dos seus concorrentes directos, centrando-se mais no utilizador e em mostrar-lhe tudo o que se passa na sua vida, através do smartphone. Já tivemos a oportunidade de dizer isto quando fizemos o nosso teste 2-em-1 ao LG Maximo 7 e ao Samsung Omnia 7, e realmente aqui ficou ainda mais vincada a diferença de experiência de utilização e organização das diversas funcionalidades do telefone.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Na demonstração, o Sr. Snyder salientou o hub “Pessoas” onde estão organizadas os nossos contactos, e pudemos ver a forma como o WP7 “puxa” toda a informação de um contacto seleccionado, quer esta seja originária das redes sociais ou conversas SMS. De salientar que o WP7 armazena as conversas de forma “linear” independentemente do canal. Ou seja: se começarmos uma conversa via Chat do Facebook (que está integrado de raiz no WP7) e a continuarmos por SMS, as mensagens ficam todas no mesmo sítio. Aqui, também tivemos aquele momento tipo “Lei de Murphy” onde Derek Snyder tentou responder a uma mensagem com o SMS “escrito” através do interface vocal, o qual não funcionou muito bem, arrancando alguns risos da plateia.

Outro dos destaques desta apresentação, já feita por Steve Ballmer, foi o objectivo que a Microsoft tem de colocar o Metro como interface em todos os seus produtos: smartphones, PCs, Xbox e qualquer outro produto que venha a ser desenvolvido. E pelo que pudemos ver ao longo da apresentação, esta integração está muito bem conseguida.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Uma nova funcionalidade interessante para o WP7 é o chamado “Local Scout”. É um serviço de descoberta de pontos de interesse e demais informação útil sobre o local onde estamos, que segundo o Sr. Snyder “pode tornar-nos rapidamente num verdadeiro habitante local, mesmo que estejamos só de visita”. A utilização do Quick Card, outra nova funcionalidade, permite que o conteúdo entre apps seja facilmente partilhado, e o exemplo foi a selecção de um restaurante pelo Local Scout e a criação de uma reserva nesse restaurante via a app OpenTable.

De seguida mostraram-se os futuros modelos de telefones que estão a ser desenvolvidos pelos parceiros de hardware da Microsoft: HTC, LG, Samsung e Nokia, focando-se primeiro nos modelos Nokia Lumia 710 e 800 que irão entrar no mercado americano já a partir do início de Fevereiro, e de seguida em dois novos modelos topo-de-gama: o Lumia 900 e o HTC Titan II.

Windows 8, 7 e futuro do PC

Outro dos pontos que suscitou mais interesse no público presente foi a apresentação das mais recentes novidades tanto no “novo” segmento dos ultrabooks, onde foram mostrados modelos como o nosso já conhecido Samsung Series 9, e o novíssimo HP Spectre com Beats Audio. Um curto vídeo, também levantou o véu nos modelos de ultraboooks das marcas Acer, Asus, Lenovo, Toshiba e Dell, com uma pergunta no final: “Which PC are you?”. Interessante.

CES 2012 - Keynote Microsoft

A tão aguardada demonstração do Windows 8 esteve a cargo da Chefe de Marketing para o Windows, Tami Reller, que voltou a usar um tablet. Isso mesmo: mais uma vez vimos a demonstração da “experiência sem compromissos” do Windows 8, que não é mais do que a manutenção do “look & feel” do Windows 8, e da interacção com o sistema, quer estejamos a usar um tablet com os dedos, ou num PC com teclado e rato. O tablet em questão era um protótipo com chipset Tegra 3, e foi-nos dito que o Windows 8 funcionará tanto em ARM como em X86, como é o caso dos tablets Samsung com chips Core i5 que foram fornecidos aos primeiros developers.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Claro que a seguir só podia vir a Windows Store, a.k.a. a resposta da Microsoft às lojas de Android e iOS e que começará a funcionar assim que o Windows 8 for lançado. Outra novidade do Windows 8 são os “charms” e os “App Contracts” que não são mais do que “interfaces” entre apps, que possibilitam a troca de conteúdos entre aplicações de forma rápida e simples, e que se acedem com um deslizar de dedo do lado direito para o esquerdo. Quer se use toque, teclado ou rato o interface continua a ser igualmente responsivo, recorrendo muito a gestos compostos tornando assim a utilização muito mais natural. Outra coisa interessante é o facto de, no futuro, as aplicações para Windows 8 existirem sempre em todos os aparelhos do utilizador, podendo este instala-las tanto no tablet como no PC, ficando estas imediatamente disponíveis nos outros aparelhos.

CES 2012 - Keynote Microsoft

O Internet Explorer na sua “versão Metro” também está completamente redesenhado e modificado, e na minha opinião, para melhor. As páginas são renderizadas rapidamente, em full-screen e o HTML 5 é a nota dominante, tirando partido automaticamente de aceleração por hardware se esta existir.

Terminando esta parte da apresentação com alguns números, ficámos a saber que o Windows 7 é o sistema operativo com maior ritmo de vendas e número utilizadores, totalizando por estes dias cerca de 500 milhões de licenças registadas, e aumentando ao ritmo de 7 novas licenças activadas a cada segundo.

Xbox mais Metro e a Rua Sésamo ganha nova vida

Passando mais para a parte do entretenimento, foi a vez de falarmos da Xbox. Quem não se lembra da entrada estridente que Steve Ballmer fez há 10 anos atrás, quando apresentou pela primeira vez a consola da Microsoft, neste mesmo palco. Uma década depois, a Xbox é uma aposta mais que ganha, com um universo de mais de 40 milhões de jogadores registados no serviço Xbox Live, que além de jogos já conta com diversas novas funcionalidades, que vão desde o acesso às redes sociais ao video-on-demand.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Outro grande sucesso é o Kinect, que segundo nos disseram conta já com mais de 18 milhões de unidades vendidas, e surpresa das surpresas, será possível conectar a PCs Windows 7 já a partir do próximo mês de Fevereiro, e ao Windows 8 quando este for lançado.

Craig Davidson, da equipa Xbox, demonstrou a utilização e controlo da Xbox 360 com Kinect através da voz, onde através de comandos simples, sem ter que sair do sofá ou sequer pegar num comando, foi possível entrar e sair de jogos, ver ou retomar o visionamento de filmes, pesquisar na internet, e outras coisas interessantes. Foi ainda dito que foram feitas novas parceiras com empresas produtoras de conteúdos, destacando-se a parceria com a NewsCort que trará programas dos canais IGN e Fox, juntando-os às dezenas de outros fornecedores que já fornecem conteúdos para a Xbox.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Claro que com o aumento de capacidade e fiabilidade destes sistemas de reconhecimento de voz e movimento, como o Kinect, cada vez são mais os exemplos de novas e “mágicas” formas de utilizar estes sistemas de entretenimento. Lembram-se da Rua Sésamo? Então imaginem agora, o que seria, para um pequeno fã desta série educativa, poder “entrar” dentro do programa que está a dar na televisão, e interagir directamente com os personagens. A Microsoft uniu-se à produtora da Rua Sésamo para, já a partir da temporada de 2011-12, começar a criar versões interactivas dos programas, e disponibilizando-os na Xbox para deleite dos mais pequenos.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Claro que este é só um (pequeno) primeiro passo, e depois também nos foi mostrado um vídeo que mostra algumas das ideias e potencialidades do uso do Kinect em diversas situações, que se espera venham a tornar-se realidade em breve.

E agora, onde ficamos!?

Steve Ballmer e a Microsoft, acabam assim por terminar as suas participações no CES de uma forma muito “morna”, como poucas (ou nenhumas mesmo) novidades relevantes, reafirmando apenas as suas apostas tanto nas parcerias de hardware para lançamento de smartphones e ultrabooks como a intenção de tornar o Metro o GUI de todos os produtos e sistemas Microsoft. Ou seja, em resposta à pergunta do apresentador sobre o que a Microsoft nos reservava para 2012, Steve Ballmer respondeu apenas com duas palavras repetidas duas vezes: Windows, Windows, Metro, Metro.

CES 2012 - Keynote Microsoft

Para mim, esta experiência de assistir a um discurso destes, ao vivo e a cores foi muito, mas mesmo muito interessante, e stressante. Além das dificuldades de ligação à rede, que me impediram de escrever este artigo em forma de Live Blog, a quantidade de tempo e actividades que a Microsoft nos preparou, deixa-me muito pouco tempo disponível para vos poder trazer mais novidades. Amanhã, ou deveria dizer, dentro de mais ou menos 6 horas, as portas do CES vão abrir-se para os cerca de 300.000 visitantes que enchem esta verdadeira Disneylândia para adultos que é Las Vegas.

Mas não se preocupem: mesmo que digam que “o que se passa em Vegas, fica em Vegas”, eu vou continuar, na medida do possível a trazer-vos mais novidades, notícias e relatos daquela que está sem dúvida a ser, uma das mais interessantes experiências da minha vida adulta… mas isto, fica para outro dia!.

E para quem quer ver a keynote, deixo-vos o vídeo inteirinho de tudo o que vi com os meus próprios olhos:

SW, out….que bem precisa de descansar.

As fotografias tiradas para este artigo tiveram o patrocínio da Samsung NX11

As imagens da keynote

Estas foram as fotos que tirei durante a keynote da Microsoft no CES 2012:

As fotografias tiradas para este artigo tiveram o patrocínio da Samsung NX11

Partilha a tua opinião!

O teu endereço de email não será publicado