Um dos objectivos assumidos pela Microsoft para este ano de 2012 é a afirmação do seu Windows Phone assim como a chegada a uma fatia mais abrangente do mercado, nomeadamente os smartphones de entrada de gama.

Windows Phone Tango

Se para ajudar ao primeiro objectivo tivemos o Windows Phone Mango, mas estável e polido, para o segundo teremos o Windows Phone Tango, acerca do qual acabaram de escapar alguns detalhes.

A fonte é um fórum Russo (cujo link podem encontrar mais abaixo) e que teve acesso a uma versão de desenvolvimento do Windows Phone Tango. Antes de passarmos às limitações que poderão advir de estarmos a correr o Windows Phone em telefones mais fracos, há dados interessantes.

Windows Phone Tango

Já sabíamos que o Tango iria ser traduzido em mais de uma centena de línguas mas até agora desconhecíamos o facto de que passará a ser possível efectuar actualizações de sistema automáticas através do Zune. Outra novidade é o limite máximo de aplicações pré-instaladas no sistema aumentar de 16 para 40.

Mas há mais pois passaremos a poder gerir contactos que estejam armazenados no cartão SIM assim como passaremos a ter a possibilidade de juntar mais do que um anexo aos MMS.

Quanto ao problema que poderá surgir pelo facto do Windows Phone vir a ser corrido em smartphones mais fracos, nomeadamente com apenas 256MB de RAM, a Microsoft optou por uma solução que me parece interessante.

Isto porque, pelos vistos, certas aplicações serão marcadas no Marketplace como não instaláveis em telefones de entrada de gama. Esta decisão pode ser controversa mas eu pessoalmente até vejo um lado positivo. É que assim a Microsoft garante ao utilizador uma boa experiência de utilização, não o deixando instalar uma aplicação que se iria arrastar e passar uma imagem distorcida das capacidades do sistema operativo.

Windows Phone Tango

Garanto-vos: faz sentido pois não é a primeira vez que oiço “o Android não presta” porque determinadas aplicações funcionam mal e são lentas em smartphones de 100 euros quando a culpa não está no SO mas sim no hardware com pouca capacidade.

Outra limitação poderão ser alguns Live Tiles programados por terceiros que não serão actualizados automaticamente.
Estes são, claro está, detalhes que ainda temos de ler com alguma reserva pois nada disto foi oficializado. No entanto parece-me que a abordagem ao mercado de entrada de gama estará a ser feita com alguma cautela da Microsoft.

Veremos o que dali sai.

Fonte

Endereço de Email

SEM COMENTÁRIOS

Partilha a tua opinião