Ai está ele! Depois de muito esperarmos, a partir de hoje está disponível a versão “Consumer Preview” (ou Beta) do Windows 8.

UPDATE: Se já tiverm a ISO, e se dominam os “ambientes virtuais”, aqui ficam instruções para instalar o Windows 8 Consumer Preview em Virtual Box.

Windows 8 Start Screen

Fugindo um pouco à tradicional nomenclatura de versões (Alfa, Beta, etc), esta “Consumer Preview” do Windows 8, foi anunciada hoje no MWC em Barcelona por Steven Sinofsky, presidente das Divisões Windows e Windows Live da Microsoft. E para quem pensava que isto era “só” a próxima versão do Windows, se calhar enganou-se.

Segundo o mail que recebemos hoje da Microsoft Portugal, do qual podem ler algumas partes na secção seguinte, este não é apenas um update, mas sim uma “completa reimaginação do Windows”. Palavras fortes, mas que dado o que eu já vi em acção no CES 2012 e em mais alguns vídeos e imagens (que já vos vou mostrar), encaixam que nem uma luva neste Windows 8.

A começar pelo “Start Screen” que viram no início do artigo, uma das grandes novidades será a Windows Store que será o nosso (potencial) “centro” de aquisição de todos os tipos de aplicações para o nosso PC ou Tablet, e que é mais um exemplo da “universalidade” do conceito de “mercado de aplicações”, que já existe em smartphones, tablets, sistemas operativos e até browsers.

Windows 8 Windows Store

A maneira de interagir com o Windows é agora uma experiência cada vez mais “táctil”. Digo isto, porque ao ver estes ecrãs, fiquei sempre com a distinta sensação de que, apesar de funcionar bem com o rato, o interface Metro foi pensado, desenhado e implementado tendo em vista a interacção por toques. Preparem-se por isso para ver aparecer cada vez mais aparelhos com ecrãs tacteis. Além disso, acções cada vez mais habituais nos dias que correm, como as partilhas das redes sociais ou por mail, pesquisa ou sincronização para outros aparelhos, estão sempre disponíveis, com um simples deslizar no ecrã. Falo claro está dos “Charms”.

Ficam no final do artigo algumas outras imagens deste novo sistema operativo, e sim, não se preocupem que o “velhinho” desktop continua lá, à distância de um deslizar ou de um clique, e as vossas aplicações vão continuar a correr “da mesma forma” (quanto a isto, ainda iremos ver se será verdade ou “ficcão”) ;D

Deixo-vos também algumas das principais fontes de informação sobre este lançamento:

Site Microsoft Portugal – Windows 8 Consumer Preview (com vídeo)
Anúncio no Windows Experience Blog (com vídeo)
Press Release no Windows News Center

E para o fim deixo o “doce” maior, que é o link directo para a página onde podem ir descarregar o ISO desta versão do Windows 8. Notem que apenas existem versões em Inglês, Alemão, Francês e Chinês (Simplificado) e Japonês.

Windows 8 Consumer Preview ISO Download

A razão pela qual vos deixo esta página com os ISO e não a do Download “Official” é que eles escolheram um sistema instalação com “download” curto, mas que vai buscar à Internet os ficheiros necessário a instalação, e que por estas alturas está mais do que congestionado e terá tendência a ficar pior. Daí que descarregando a ISO directamente, será seguramente mais rápido (pelo menos para mim foi cerca de 20 minutos para 2.5GB).

Segundo podemos ler no artigo do Windows Experience Blog, qualquer PC com Windows 7 é capaz de correr Windows 8, e podemos esperar que qualquer computador que reúna as especificações (mínimas, imagino) segintes, também seja capaz de correr esta nova versão:

  • Processador de 1GHz ou mais
  • 1GB de RAM (32-bit) ou 2GB de RAM (64bit)
  • 16GB de espaço em disco (32bit) ou 20GB(64 bit)
  • Placa gráfica compatível Direct X 9 com WDDM 1.0 ou superior
  • Resolução Mínima de ecrã de 1024×768

Por isso, toca a descarregar o Windows 8, experimentem testem, e mandem-nos as vossas capturas de ecrã, que nós teremos todo o gosto em mostrá-las aos nossos leitores.

SW, out!

Endereço de Email

8 COMENTÁRIOS

  1. Lol, deves ter testado tanto como a minha avó, se realmente testaste podias por aqui os teus argumentos para tanto odio, e não vale dizer que o teu Mac é melhor, expõe aqui os argumentos para entender-mos!!

  2. Mas ao tentar instalar o win8 com o virtual box, corria tudo bem até ele pedir a chave que está por trás da caixa do windows??? Já aconteceu a alguém o mesmo? mas se é uma beta como é que pode pedir a chave

  3. eu ja estou a seguir e a testar o windows 8 desde que foi revelado
    e ja agora joalstrab, ninguem te disse que eu tenho um mac, a unica coisa que gosto nos macs sao a aparencia, mais nada

    quanto ao windows, sempre usei desde o windows 95, senti todas as mudanças desde essa versao

    mas acho que a microsoft devia separar o mercado dos tablets com o mercado dos fixos/portateis

    ja testei o windows8 extensivamente, pormenor a pormenor

    pros:
    rápido, muito mais rapido, e leve tambem
    o gestor de tarefas está tao completo como o “default” do linux
    o live usb é incrivel, é uma funcionalidade que ja existe no mundo unix ha bastantes anos, mas a microsoft conseguiu desenvolver uma forma de o tornar melhor, e mais pratico
    restaurar a instalaçao para o default, sem precisar de formatar, muito boa ideia

    contras:
    Metro User Interface, simplesmente nao me cabe a ideia de usar um interface de tablets num pc
    é basicamente obrigar o utilizador a mexer o rato sem precisar de o fazer
    tudo bem, é bonito, mas por ser bonito nao quer dizer que seja bom para o que o utilizador quer fazer

    usei o windows 8 por 6 meses como o meu OS principal, para ver como era usar realmente esta nova versao
    nao se adapta a um computador fixo simplesmente

    o metro ui retirou muita funcionalidade do windows, e tornou operaçoes fáceis em operaçoes dificeis
    lembro me quando todos se interrogavem “como desligo o windows 8?”
    esta simples operaçao, foi escondida num menuzinho

    durante a instalaçao, devia haver uma opçao para instalar em tablet (com optimizaçoes para tablets, versoes de ficheiros binarios em ARM,…)
    e a versao para desktop/laptop (com um ambiente de trabalho apropriado para usar um rato, teclado e ecra relativamente maior do que um tablet, e nao esquecer os binarios a 64bits, que fazem muita diferença nos processadores actuais)

    decidi fazer o desafio linux, e formatar o meu computardor e usar unicamente o linux
    ja tinha usado em criança mas sempre pensei que era o windows xp com um tema diferente, nao sentia grande diferença na facilidade de utilizaçao, como muitos pensam
    por alguma razao nao senti falta do windows… nao estou a dizer que é superior ou nao, nao quero entrar em discussoes mac/linux/windows
    só estou a dizer que muitas das “novas” funcionalidades do windows 8 ja existiam no linux/mac ha bastantes anos
    o novo ambiente de trabalho unity, baseado no gnome 3(para linux) foi um grande salto para o ubuntu, muita gente detesta, mas traz muita maior facilidade de utilizaçao, tanto funciona em tablets como em desktops/laptops, com a mesma facilidade
    muita gente estranhou a mudança relativamente ao gnome 2 (a aparencia do mac é baseado no gnome2)

    conclusao:
    windows 8, podia ser um fork, uma versao para tablets com o metro ui, e uma versao classica para utilizadores de pc
    bons melhoramentos na velocidade e é mais leve
    metro ui, parece bonito, mas nao tem as mesmas funcionalidades do “start menu”

    you can now hate

Partilha a tua opinião