[Eventos] Apresentação dos HTC One em Portugal

A HTC convidou o Revolução Digital para a apresentação dos telemóveis que irão marcar a próxima temporada da marca asiática no mercado dos smartphones. O maior destaque vai sem dúvida para o HTC One X, uma máquina fantástica…

Apresentação HTC One

Os outros dois smartphones que foram apresentados também não lhe ficam nada atrás. HTC One S e HTC One V.
Querem saber mais? Já sabem o que fazer… :)

Conforme já tínhamos referido há uns dias, a HTC convidou o RD para a apresentação dos telemóveis que irão fazer parte da família One e falar sobre o seu lançamento em Portugal. E então lá chegou o dia.

Passava um pouco das 11h quando chegámos ao Hotel Sheraton em Lisboa. O evento decorreu numa das salas de conferência que este hotel de luxo disponibiliza. A decoração era simples, mesas em U, uma zona para experimentar os smartphones, um carrinho com chupas-chupas :) e uma pequena zona de cafetaria com chá, leite, café e bolos à discrição. Havia duas meninas muito simpáticas sempre prontas a prestar auxilio aos mais atrapalhados.

Apresentação HTC One

Os oradores eram Pedro Abad (HTC Country Manager de Portugal e Espanha), Jose Rivas (Product Marketing Manager da HTC para o mercado ibérico), Sandra Biosca (Responsável de Marketing da HTC para PT e ES) e Nuno Bandeira (Director de vendas em Portugal).

Pedro Abad deu início ao evento e falou sobre a filosofia da HTC, qual a ideia que está associada a esta nova gama designada por One e qual o papel que a HTC deseja ocupar. Um pouco como presenciámos durante o evento da HTC no MWC 2012 onde Peter Chou desvendou pela primeira vez estes telemóveis fantásticos.

A HTC pretende voltar a ocupar um lugar no pódio e aposta numa gama com um número reduzido de telemóveis pois a ideia é ter um dispositivo móvel considerado muito bom em cada um dos segmentos do mercado. Acabaram-se as inúmeras versões deste ou daquele modelo. De momento a gama One irá ter apenas 3 dispositivos todos de topo. O nome One está relacionado com aqueles momentos únicos da vida que queremos captar, guardar e partilhar com os nossos amigos.

Apresentação HTC One

De seguida Pedro Abad passou a palavra a Jose Riva e foi aqui que começou talvez a parte mais interessante desta apresentação para os leitores do Revolução Digital. Começou por falar por alto em todos os HTC One (o X, o S e o V), falou das novas funcionalidades transversais a toda a gama e depois passou a detalhar cada um dos smartphones.

Todos eles têm Android Ice Cream Sandwich. Todos eles têm um software fotográfico fantástico que permite tirar até 99 fotografias muito rapidamente e depois podemos escolher a que ficou melhor. Se quisermos também podemos guardar todas pois a HTC agrupa-as numa só foto em vez de “poluir” a galeria. Em todos eles podemos estar a filmar e a tirar fotografias em simultâneo sem atrapalhar o vídeo. E para partilhar tudo sem estarmos a sincronizar com o PC, a HTC em parceria com a DropBox, dá-nos acesso a 25GB gratuitos durante os primeiros 2 anos que, após findar o prazo, o conteúdo que lá está fica à mesma disponível mas só podemos fazer download e não uploads.

A nível de som, os HTC One possuem o sistema Beats By Dr. Dre Audio, que já tivemos a oportunidade de experimentar ao vivo durante o Teste RD do HTC Sensation XL, mas desta vez os phones não estão incluídos :( Um outro software que a HTC inventou chama-se HTC Sync Manager e cuja função é sincronizar as músicas do telemóvel com as do PC quando estão na mesma rede lá em casa.

Apresentação HTC One

Depois, seguiram-se os pormenores, que fazem toda a diferença! :D

HTC One X

Este é o mais potente smartphone HTC até à data. O HTC One X é grande, tem um ecrã fantástico que mais parece que os ícones estão colados ao ecrã. O processador é um NVidia Tegra3!!! Estou ansioso por jogar neste brinquedo. É uma delicia andar a mexer nos ecrãs e nas aplicações. Este smartphone é o mais multimédia deles todos e portanto é o que é utilizado nas demonstrações dos acessórios HTC, como é o caso do Media Link HD ou do HTC Car. Neste evento tivemos a oportunidade de olhar em detalhe para o Media Link HD. Ora vejam o vídeo que se segue:

Trata-se de uma pequena peça que se liga à porta HDMI de qualquer televisor e dá-lhe mais um “super poder” :) Este dispositivo estabelece uma ligação com o HTC One X (pode ser através de uma rede wireless existente ou então uma ligação ad-hoc), e depois basta deslizar 3 dedos para cima no ecrã do smartphone para entrarmos no modo “espelho” e vermos tudo o que estamos a fazer no smartphone, em ponto grande na TV. Melhor, podemos estar a fazer streaming de um vídeo para a TV e estar a fazer outra coisa no smartphone! :D

A câmara fotográfica é de 8 megapixeis, processador quad-core de 1.5GHz, ecrã HD (1280×720) de 4.7″ com Gorilla Glass, filma em FullHD, e livre custa 699€. Pode ser comprado já a partir de hoje nas lojas mas irá surgir em breve nas operadoras.

Lá mais para o final do ano também irá haver uma versão 4G chamada HTC One XL.

HTC One S

O HTC One S tem qualquer coisa especial. Talvez o S seja de “Special One” :P Este smartphone com um processador dual-core consegue dar uma enorme tareia (nos testes benchmarks) aos outros smartphones que não são ainda quad-core. Depois vem o toque que já nos tinha deslumbrado em Barcelona. Jose Riva explicou aos presentes como é o processo de fabrico do chassis do One S.

A câmara fotográfica é de 8 megapixeis, processador dual-core Snapdragon S4 também de 1.5GHz, ecrã HD (1280×720) de 4.3″ com Gorilla Glass, e tem uma espessura de 7.9mm fazendo com que seja o HTC mais fino de sempre. Livre custa 599€, está disponível a partir de hoje e também irá estar disponível nas operadoras daqui a um mês.

HTC One V

E o Nastase acertou. Em Barcelona tínhamos estado com um HTC One V fake mas agora já tivemos acesso à versão final. Trata-se do antigo Legend mas com toda a tecnologia da actualidade. Tem um bom toque mas em comparação aos outros fica um pouco abaixo :P

Apresentação HTC One

O One V tem uma câmara de 5 megapixeis, processador de 1Ghz, memória com 512MB, ecrã de 3.7″ e apenas 4GB de armazenamento interno, mas permite colocar um cartão micro SD. Estas características tornam-no no mais acessível custando 379€.

No vídeo a seguir podemos ver como é que o Android 4.0 se adapta aos vários smartphones:

Para quem nos seguiu durante o MWC 2012, não veio encontrar grande coisa para além da informação sobre os preços e da disponibilidade em Portugal. Ah… e também ficam a saber que conseguimos um HTC One X e um HTC One V para fazer mais Testes RD! ;)

Fiquem atentos.

Um obrigado também ao Nuno Azevedo e à Sónia Ribeiro pelo suporte e pelas explicações que nos forneceram durante o evento.

Endereço de Email

  1. gabriel paraiso

    Eu sempre fui fan dos htc (confesso) já tive dois, um deles o htc touch pro com o limitadíssimo windows phone 6.5 (o android, infelizmente ainda era uma miragem) Isto para dizer que dei os respectivos 700€ que a htc coloca sempre nos seus topos de gama e claro que chorei esse dinheiro meses a fio.
    Isto para dizer que de facto sou fan da htc mas a politica de preços que eles teimam em manter, ui ui!!! É de facto um exagero…

    Aposto que quando (finalmente) o galaxi III for apresentado, o one x será remetido a um “insignificante” modelo(zito) e diria mais: o samsung deverá ser mais barato que o X

    Responder
  2. Farnando

    Esticaram-se um bocado nos preços da versão livre, o preço nas operadoras pode não ser tão apetecível quanto se previa (na amazon fica a 500 livre).

    Fica o reparo, o One S não tem ecrã HD, é 960×540.

    Responder
  3. João Lopes

    Pois é, os preços não são nada simpáticos, mas aguardemos pelos preços nas operadoras. Mas também quero aqui lembrar que os modelos da HTC tem um bom valor de retoma quando comparado com outros dispositivos equivalentes…

    Obrigado Fernando, tinha colocado a informação no dispositivo errado.

    Responder
  4. Dennis

    Joaõ repara em uma coisa as mossas estavam lá para dar auxilio certo,até ao momento que eu vi a “Banana” aí eu comecei a pensar coisas que naõ têm mesmo nada a ver com tecnologia(lol)…Emfim fico feliz por saber que conseguiram o One S e X.

    Responder
  5. Pedro V

    Fico impressionado com estes vídeos, pode ser mesquinhês minha, mas vejo ali quad-cores com demasiado lag e que a julgar pelo que vi só tiram partido do seu poder em jogos intensos.. e mesmo assim demorou 7 segundos para abrir o teeter e aposto que aquilo suga a bateria de forma desmedida. Não sei até que ponto não se torna um estandarte do marketing ter o label “quad-core”, mas parece-me que nem as tarefas são bem geridas entre os vários núcleos, como não consegui resultados que destoem muito daquilo a que os single-core nos habituaram. estarei errado?

    Responder
  6. JooM

    Não é mesquinhês tua Pedro, de facto o desempenho do tegra 3 ficou aquem das expectativas, poderá ser mesmo pela optimização que foi feita pela htc e poderá não ter ficado bem feita ou de facto o tegra 3 não é tão bom como parecia ser..penso que seja mesmo pela má optimização..fico admirado porque até os ultimos modelos Htc estavam bem optimizados, o One X perde inclusive no desempenho do browser para o Galaxy S2 e este é dual core..

    Responder
  7. João Lopes

    Bem… quanto ao Teeter, há aqui qualquer coisa mal :P A bola encrava um pouco. Ainda não instalei nenhum jogo potente. Mas de resto os menus são bastante fluidos e rápidos. Ainda não tive razões de queixa do browser, mas também ainda nem 10 minutos de navegação tenho.
    Está tudo a contar para o Teste RD. Vamos lá ver como se porta até ao fim.

    Responder
  8. Fernando "Sidewalker" Calçada

    @PedroV (e JooM)
    Não estás nada errado, tive exactamente a mesma impressão quando testei o Transformer Prime. É o “preço” que temos que pagar quando usamos um sistema “aberto”…

    Responder
  9. JooM

    esperemos que a as empresas optimizem os equipamentos nestes proximos meses, não digo que o tegra 3 não preste mas de certeza que o proximo exynos será bem melhor, já com o tegra 2 foi a mesma coisa..

    Responder
  10. Nuno Miguel

    Desde a vossa reportagem pelo MCW que fiquei com um destes ( S ) de baixo de olho. Nunca tendo sido cliente ,já conheço a HTC á uns anos, mas agora quando fiquei interessado em comprar, procurei informação e estou (muito) preocupado…a pagina HTC Pt não tem uma unica referencia a assistencia tecnica em PT , o numero de contact center ….ligo e o atendedor automatico é brasileiro , escolho continuar em portugues e fui atendido num call center lá para o fim do mundo (vá lá que estou á vontade com ingles…), o operador no seu “ingles” tentou arranjar alguem que atendesse em portugues…mas não foi possivel!!! Já encontrei varias empresas em Lx que dão assistencia tecnica, mas nunca são reparadores oficiais. Em alguns sitios diz-se que a assistencia tecnica oficial é a Teleservice…no Porto?!?!?! Nunca pensei que uma marca que já anda por cá há uns anos estivesse em Pt desta maneira…estou mesmo reticente. João Lopes, por acaso do contacto que tives-te nesta apresentação com responsáveis Pt (Sandra e Nuno) não sabes adiantar nada a esta informação que aqui dei? É que assim tenho medo que se isto avaria…call center tailandes (ihih) assistencia no Porto…deve ser bonito… Obrigado!

    Responder
  11. Luís Sousa

    Olá pessoal,boas. Partilho da opinião do PedroV. Acho q os quad-core não levam vantagem nenhuma,pelo menos pelo q tenho visto…e a prova é q o one S bateu o one X em quase tds os benchmarks… O pessoal do RD já o disse,maior não quer dizer melhor… Ficou me algo na mente: Snapdragon S4. O Exynos da Samsung é poderoso…mas este,no q tenho visto na net,é algo de.. “especial” como disse o Nastase! Amigos do RD,anseio pelo vosso teste aos One q vos cederam! Pq uma coisa sao resultados de benchmarks…e outra coisa é fluidez no uso diário… E nisso a Apple acho q tem ainda uma pequena palavra a dizer! Mas este One S ,a meu ver,vem colocar o Android num outro patamar…

    Responder
  12. Nuno Azevedo

    gabriel paraiso: O Samsung ser melhor que o HTC? Vamos ver, vamos ver…

    Pedro V: cuidado com os vídeos que estão a circular de testes dos novos ONE, já se chegou à conclusão que os modelos estão a ser testados nesses vídeos são versões não acabadas e não finais.
    Não se podem tirar conclusões desses modelos assim. Será muito melhor visitar as lojas em Portugal e testar os equipamentos por experiência própria. Mesmo assim, daquilo que eu sei e testei, está a acontecer uma coisa interessante em relação à esta revolução de quad-core e tegra 3 no One X:
    Os gráficos são brutais mas os jogos não são estáveis, a tecnologia tegra 3 é nova nos telemóveis, e tudo isto somado, só acredito que com novos updates, seja das firmas dos jogos, seja da Nvidia, seja da Google/Android, seja da HTC, este quad-core e tegra 3 só irão sendo rentabilizados com o tempo,
    assim que forem sendo libertados os updates, é que tudo vai afinando e melhorando. Faz me lembrar as questões das placas gráficas qeu temos nos nossos PCs, saem para o mercado, compramos, e depois sai um jogo. E começam os problemas. Depois, a empresa do jogo e a ATI ou NVidia lançam as actualizações de
    drivers para a placa gráfica e tudo fica melhor. Estou em crer que algo semelhante se vai passar com esta nova tecnologia tegra 3 – jogos espectaculares mas com uma tecnologia recente e inovadora, que vai obrigar a ajustes das empresas que as lançam, para melhor proveito do consumidor,

    JooM: O Samsung ser melhor que o HTC? Vamos ver, vamos ver…

    Nuno Miguel: estás enganado, se fores à página da HTC, tens a “Ajuda”, e podes ser assistido por telefone sem qualquer custos (numero 800), falar por chat e contactar por email. A reparação oficial é a Teleservices, e só tenho tido coisas boas a dizer. Conheço é muita gente em fóruns que fala mal porque
    esses mesmos utilizadores admitem ter alterado as ROMS, e depois criam um barulho de fundo a dizer HTC isto e HTC aquilo, quando admitem nos fóruns que alteram as ROMS, e que mesmo assim querem ter direito a garantias, e como não as teem, falam mal de tudo e todos. Conheço vários amigos também com HTC e
    todas as situações que tiveram com a reparação, correu na perfeição. O único senão é que pode demorar o envio e a recepção do Porto, mas foi a única situação negativa que tiveram para trocar capas (HTC Legend), ou reparar camara fotográfica (HTC Desire).

    Luís Sousa: lá está, os vídeos que as pessoas andam a ver não são de produtos muito deles finais. Não concordo com a Apple ter algo a dizer, porque a Apple não oferece a experiência pessoal que a HTC oferece, é abrir aplicação e fechar aplicação na Apple. Como tu próprio disseste, a HTC coloca noutro patamar
    a utilização de terminal móvel, e isso chama-se Sense: interface gráfico, widgets exclusivos, o telefone atento (toca mais alto dentro do bolso ou mala) entre outras coisas, e refluid text nos emails, SMS e internet, e construção INIGUALÁVEL sem competidores à altura. Não esquecer que toda a gama HTC ONE permite fazer 4 fotos por segundo!
    E sim, fiz o meu trabalho de casa, é verdade :P

    Responder
  13. Luís Sousa

    Olá Nuno,bom dia. Bem,decididamente fizeste o trabalho de casa!!! :-) por isso aprecio vir ao RD,as trocas de opiniões acho q sao sempre positivas,há sempre alguém mais “por dentro” do assunto q tira algumas duvidas. Nuno,não sabia dessa questão das unidades não finais,assim sendo será natural os resultados apresentados. Se bem q já sao fantásticos! Qt a fluidez da Apple… Ok,td bem q seja abre e fecha aplicação. Mas de qq modo tem um funcionamento q tomara alguns Android de topo.. Olha,qt aos jogos no telemóvel,eu tenho um iPad,por isso jogos…no écran grd!! ( viciado no fifa 12,qq dia tenho as malas a porta!! ;-) ) e o processador A5 da conta do recado. E qt ao SENSE da Htc… Eu tenho um Incredible S. Fantabulastico!!! Sim,é mesmo td o q disseste,eu tb acho q não da hipótese a qq outra marca em construção e o SENSE é totalmente A mais valia q eles têm..acredita que já ponderei a compra de um iPhone,pq sinceramente aprecio mt,acho lindo e tremendamente poderoso e funcional. Mas..a simples utilização diária do meu Incredible faz me sempre pensar 2 vezes..e estes One deixaram me a salivar! Se bem que,não sendo eu um entendido,acho q o Snapdragon S4 ,como disseram os amigos do RD,tem qq coisa de especial..e q tal o One XL???? O que achas Nuno,poderá ser realmente O Android q todos os fas do robõ verde esperam? Bem,ja agora,pergunto tb ao people do RD!! Cumps p tds,bom domingo.

    Responder
  14. Luís Sousa

    Ah!! É verdade! A nível de preços…o Galaxy S II qd saiu,custava 650€ desbloqueado..dual core. E acham q o One X é assim tão caro,sendo quadcore e tendo td a panóplia de novidades,custando 700€??? Não me parece. Mais a mais,na expansys esta a 599€…. Não me acredito q o Galaxy S III seja mt mais barato,uns 20€ talvez…se for! Até pq a Samsung tem de deixar o plástico para subir a fasquia…

    Responder
  15. Nuno Miguel

    @Nuno Azevedo , agradeço a confirmação sobre a teleservice ( e que funciona bem !)…mas se bem leste o que escrevi, de facto há lá no site a “ajuda – apoio ao cliente” com mensagens , chat e um numero gratuito , mas como disse o atendedor automatico não é portugues (BRA) e foi parar a um contact center “á china” (o site é htc\pt e informa que o atendimento se faz em portugues , o que seria redundante se de facto houvesse callcenter em portugal), e como disse ao contrario de outras marcas (sites) não há qualquer referencia a assistencia tecnica (nas outras escolheçe produto/cidade e são indicados os locais). Mas fico mais descansado com a informação da teleservice ! Como não tem informaçoes no site , só espero que não seja mais uma empresa que repara HTC,mas que não é reparador oficial/autorizado , é que dessas há varias em Lisboa…

    Responder
  16. Nuno Azevedo

    @Nuno Miguel: não, a Teleservice é a oficial, os contactos da empresa, número de telefone e morada são as que te serão dadas, caso contactes o número de telefone (800) que está na página oficial de internet da HTC. Eles são a reparadora oficial da HTC em Portugal.

    Responder
  17. JooM

    Nuno Azevedo não posso dar certezas que o tegra 3 será inferior ao novo exynos mas se reparares, quando saiu o tegra 2 os benchmarks demonstravam que era o topo, no entanto, quando saiu o exynos, a fasquia subiu bastante, pressuponho que no tegra 3 aconteça o mesmo, a nvidia tem grande experiencia nos gpu´s, razão pela qual entrou no mercado dos smartphones a matar mas eles ainda tem que aprender umas coisas, nomeadamente a optimizar os “cores” dos gpu´s, apesar de ter 12 unidades fica atrás de gpus que tem menor numero de unidades, pelos vistos é so esperarmos umas semanitas e veremos isso..

    Luís Sousa o snapdragon s4 não é apenas um dual core, ele é baseada na nova geração de processadores Arm chamada Cortex-A15, pelo que indica em varios sites esse tipo de processador tem cerca de 40% mais potencia que a geração anterior (Cortex A9), como actualmente é o unico processador baseado nessa nova tecnologia é por isso que leva vantagem em todos os outros em variados aspectos, inclusive o tegra 3 que é baseado no Cortex A9..

    Responder
  18. Luis Sousa

    bem,entao daí a explicação para o alto rendimento desse S4..como ja disse,ainda so vi videos e numeros de benchmarks,mas impressionou,sem duvida. mas aguardo ansiosamente pelo teste RD aos One,e para ir dar uma “mexida” qd estiverem na fnac… ;-p obg jooM

    Responder
  19. Nuno Azevedo

    Olá. Só para informar que hoje fui à loja Fnac de Cascais, e o ONE X já tinha esgotado no Sábado, poucas unidades sobraram nas restantes lojas da Fnac, agora só repondo stock. É possível que a Mediamarket ainda tenha. Que febre por esta nova família de produtos HTC, será que é assim tão bom para os utilizadores correrem às lojas para ir comprar? :)))))

    Responder
  20. Luís Sousa

    Olá pessoal,hoje já vi na Fnac do Norteshopping a família One,INTEIRA !!!! Só o One X funcionava,bem,o q vos digo é: fantástica qualidade de construção,o S tem um toque fabuloso,o V tem um peso digno de bom telefone e o X tem um aspecto espectacular! Bem,e não lhe vi lag nenhum,mas tb só brinquei uns min,não da pá ver grd coisa..mas digo vos,tem AQUELE toque de BOM material,acho q o pessoal vai gostar MESMO! Eu já babei… Cumps!

    Responder
  21. Luís Sousa

    Nastase,se me permites,gostava de colocar uma questão , curiosidade , acerca do meu Incredible S.. Qd soube q ia ser actualizado para ICS é obvio q fiquei bastante satisfeito. Mas tb apreensivo. Se não estou em erro,li algures q o ICS e mais ainda,o Sense 4.0 poderia ser..”pesado” para as caracteristicas ( processador / RAM ) e q poderia perder a fluidez de utilização. E à medida q foram noticiando q o update iria chegar apenas aos dual core… Mas agora já foram anunciados modelos com caracteristicas abaixo do meu q irão sair com ICS e Sense 4.0 ( o golf de hoje,por exemplo) . Sabes dizer me se as caracteristicas do Incredible S serão suficientes para q a fluidez se mantenha com o update? Ou espera melhor abdicar do ICS e manter o 2.3 q tão bem rola? Se te for possível responder claro,agradeço imenso. E dsc estar a chatear c esta questão. Bem,e se mais alguém puder dar uma ajuda..é mt bem vinda claro! Cumps p tds.

    Responder
  22. Nuno Miguel

    Para quem esteja interessado em experimenta-los ao vivo, a Media Markt já os tem todos ligados em exposição, com aqueles 10€ a menos no preço já habituais (só 5€ no caso do V)…

    Responder
  23. Victor Rodrigues

    Eu comprei o HTC ONE X e realmente é um smartphone muito poderoso; pode agora chegar o SIII e dizerem que é o melhor, mas isso é normal, jà que eles esperaram as criticas,resolveram os problemas que foram encontrados no 1 movel a sair com o software mais avançado – e nisto os pioneiros tem sempre de remodelar, de refazer as coisas menos bem conseguidas!!
    O sucesso é momentaneo, pois com a rapidez com que se està a evoluir, daqui a 6 meses o que hoje é ultimo grito, amanha està ultrapassado…a verdade é que a HTC conseguiu colocar toda a gente ao barulho com esta bomba

    Responder

Deixar uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.