Estudantes Indianos combatem violações com choques eléctricos

Um grupo de estudantes universitários Indianos desenvolveu um protótipo de roupa interior que dá choques eléctricos no caso de a pessoa sofrer uma agressão sexual. A tecnologia pode dar uma ajuda preciosa no combate a este tipo de crimes que nos últimos tempos tem estado mais em destaque.

SHE-dispositivo


A última onde de crimes sexuais que tem ocorrido na Índia, levaram a que um grupo de estudantes universitários intentassem um dispositivo que se pode utilizar em conjunto com a roupa interior e que dá choques eléctricos ao agressor.

Choques eléctricos de 3800V!!

O nome desta invenção é SHE – Society Harnessing Equipment – e tem a capacidade de dar até 82 choques eléctricos de 3800V. A pessoa que está a utilizar a peça de roupa não é afectada pelos choques pois a roupa tem duas camadas de tecido e a camada interior é feita de um material que “não deixa passar” a electricidade.

SHE-roupa-choques

O equipamento SHE também está equipado com um módulo GPS e um módulo GSM para comunicar com a polícia e com os parentes da vítima o mais rápido possível. Também estão a planear introduzir um módulo Bluetooth para que o vestido envie SMS automáticos através do telemóvel da pessoa.

Segundo Manisha Mohan, uma das responsáveis pelo SHE, os choques eléctricos não será com certeza a solução que irá resolver o problema das violações da Índia (e também noutras partes do mundo) pois só o estado e as leis têm um poder suficientemente grande para tentar dissuadir os infractores. Mas o SHE pode ajudar no entretanto já que as leis demoram imenso tempo a ser formuladas e aprovadas.

Mas infelizmente existem países em que o próprio problema está na cultura das pessoas… Vai demorar algumas gerações para que se mudem as mentalidades. Até lá, esperemos que o SHE não dê muitos choques eléctricos!

Fonte

Endereço de Email

Uma resposta

  1. João Sousa

    Uma solução engenhosa, mas fico com algumas dúvidas quanto à funcionalidade deste dispositivo…ou então não consegui entender muito bem o principio de funcionamento!

    Responder

Deixar uma resposta

O teu endereço de email não será publicado.