Verde

0 33

Foi hoje atribuído o prémio Nobel da física 2014 aos três investigadores que revolucionaram o mundo actual com a introdução dos “blue light-emitting diodes”, ou como costumamos chamar, LEDs. Mas a tecnologia LED não é apenas utilizada para iluminação: esta também tem aplicações na internet de alta velocidade, armazenamento de dados, smartphones e até purificação de água.

Lâmpadas LEDs ganham prémio Nobel da física 2014 - www.revolucaodigital.net

Os vencedores do prémio Nobel foram os japoneses Isamu Akasaki e Hiroshi Amano, professores universitário nas universidades de Meijo e Nagoya, e o americano Shuji Nakamura professor nas universidades da Califórnia e Santa Barbara.

A grande inovação da tecnologia LED, como muitos de nós sabemos, é a sua eficiência. Esta tecnologia, inventada há cerca de 20 anos, faz com que o desperdício da energia eléctrica seja muito menor do que nas luzes incandescentes ou fluorescentes!

Eficiência das lâmpadas LED

Cerca de um quarto da energia que produzimos hoje em dia é usada em iluminação. Mesmo que a eficiência da tecnologia LED fosse apenas ligeiramente melhor teria um grande impacto na sociedade moderna, mas na verdade a iluminação LED é cerca de 20 vezes mais eficiente que uma lâmpada incandescente!

Para além da eficiência a tecnologia LED, esta não utiliza mercúrio como as lâmpadas fluorescentes, não trazendo por isso quaisquer problemas para a saúde humana.

LEDs

O trio de investigadores irá dividir um prémio, bem merecido na minha opinião, no valor de 1 milhão de euros!

via

2 80

Usando como esqueleto o modelo Cactus, a Citroen apresentou a sua nova ideia para reduzir drasticamente o preço dos automóveis híbridos usando nada mais do que ar! Chama-se Citroen Airflow 2L e vem com um sistema único no mundo que usa um modelo híbrido de ar comprimido e gasolina.

A Citroen desenvolveu um híbrido a ar comprimido! - www.revolucaodigital.net

Os carros híbridos do nosso quotidiano funcionam através do uso de uma bateria e de um “travão” especial que gera energia cada vez que o condutor trava ou se encontra a descer.

O conceito apresentado pela Citroen tem as mesmas bases mas, em vez de usar uma bateria, usa um compressor de ar e um tanque de armazenamento. O ar comprimido é depois usado quando o carro mais necessita, como arranques e condução citadina.

É verdade que este sistema ainda se encontra em fase de testes, mas mesmo assim foram reportados consumos na ordem dos 2L por 100Km!citroen-cactus-airflow-3

O modelo apresentado pela Citroen traz ao mundo automóvel um conjunto grande de vantagens em relação aos actuais híbridos.

O primeiro ponto é a sua simplicidade, consistindo apenas num conjunto compressor/tanque, o carro será muito mais barato do que os modelos actuais. Por exemplo, um modelo Honda híbrido pode custar até mais 8,000€ do que o normal!

Por outro lado este sistema torna o Citroen Airflow 2L muito mais leve, uma vez que as actuais baterias de iões de lítio têm um peso considerável. A redução de peso ajuda não só na condução do carro mas também na redução de consumos!

citroen-cactus-airflow-2

Os automóveis eléctricos são apresentados como amigos do ambiente e “verdinhos”, mas o que acontecerá quando todos os carros tiverem no seu interior baterias de lítio? Onde serão colocadas todas as baterias usadas e que terão de ser trocadas?

Acho que o público em geral ainda não pensou bem neste problema… mas o que vale é que temos muito oceano para enterrar coisas ;)

Brincadeiras à parte, a poluição gerada pelo volume de baterias de lítio trará às empresas (ou consumidores) um custo considerável para a reciclagem ou destruição das mesmas.

Aqui fica um vídeo realizado pela Citroen para mostrar o novo Citroen Airflow 2L:

O objectivo da empresa francesa é conseguir ter uma opção amiga do ambiente ao mesmo preço que o seu modelo diesel, mas na melhor das hipóteses só em 2016 estará disponível ao público.

Ficámos muito impressionados com este novo conceito da Citroen, e tu o que achaste do Airflow? Tem futuro a ideia? 

via

3 5

Palavras como Lamborghini e Híbrido, não se costumam ouvir na mesma frase. Mas estamos em 2014, e a consciência ambiental está na ordem do dia. Por isso mesmo, a construtora italiana decidiu (finalmente) entrar “na onda”, e apresenta o seu primeiro modelo Híbrido. Chama-se Asterion LPI 910-4, tem 910 cavalos de potência, e pode ser carregado na tomada eléctrica da tua garagem.

Lamborghini Asterion no Revolução Digital - www.revolucaodigital.net

 

2 11

Agora já é possível reciclar CD/DVD usados que (ainda) tens lá por casa,  através da campanha “Vamos Gravar Essa Ideia”. Esta nova campanha partiu da Quercus e conta com o apoio e colaboração da SEAMB, Agência Portuguesa do Ambiente e a Chronopost que se ofereceu para montar a título gracioso uma rede que permitisse a recolha deste resíduo em todo o país.

DVDs

0 5

Hoje em dia uma grande parte das pessoas está sensibilizada para o problema dos combustíveis fósseis, o facto de serem um recurso finito e a poluição que produzem. Nesse sentido há já soluções como os motores de etanol mas a produção deste combustível é hoje em dia altamente ineficiente e dispendiosa além de ter um grande impacto a nível ecológico. Contudo parece haver luz ao fundo do túnel graças a uns cientistas que descobriram uma forma fácil e barata de converter monóxido de carbono em etanol.

Etanol Cobre

1 6

A maior aeronave do mundo, a Hybrid Air Vehicles HAV 304 Airlander, foi apresentada na passada sexta-feira num hangar na Grã-Bretanha. Tem cerca de 92 metros de comprimento e é maior que o Airbus A380 ou o Boeing 747-8 (cerca de 18 metros) e tem mais 9 metros do que o avião de carga Antonov An-225, até agora a aeronave mais comprida do mundo.

HAV 304 Airlander

Junta-te a nós!

9,244FãsLike
3,875Subscritores+1
1,242SeguidoresSeguir
992SeguidoresSeguir
3,088SubscritoresSubscrever

Últimos Testes RD

Panasonic AX800 - Teste RD

1 522
Depois de abandonar o plasma a Panasonic apresenta uns interessantes televisores 4K, da gama AX800. Estarão à altura das expectativas? Lê o nosso Teste RD para saberes!